Slides
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» eu odeio o horario de verão,e você?
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptyTer Dez 20, 2011 7:18 pm por Juez

» Prisão sul coreana tem guardas robóticos
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptyTer Dez 20, 2011 7:13 pm por Juez

» jogar os widgets para a direita
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptySeg Nov 28, 2011 7:50 am por Administração

» organizar a area de 'Download' em ordem alfabetica
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptySeg Nov 28, 2011 7:49 am por Administração

» remover o anti spam
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptySeg Nov 28, 2011 7:46 am por Administração

» Modificações na Equipe de Moderação
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptySeg Nov 28, 2011 7:43 am por Administração

» Dúvida
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptyDom Out 30, 2011 7:42 pm por Juez

» Desfiando Chuck Noris
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptySex Out 28, 2011 7:03 pm por RedHooh

» Mineiros chilenos com problemas psicológicos
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptyQui Out 27, 2011 5:09 pm por Administração

» Um aviso a todos!
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptySeg Out 24, 2011 4:41 pm por Administração

» descobri um atalho interessante
Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado EmptyDom Out 16, 2011 10:09 pm por Steel

Os membros mais ativos do mês

Parceria


Faça aqui!
Parceiros
Estatísticas
Temos 73 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de leopardo

Os nossos membros postaram um total de 1646 mensagens em 546 assuntos

Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado

Ir em baixo

25072011

Mensagem 

Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado Empty Pai de Anders Breivik: Ele devia ter-se suicidado




O pai de Anders Breivik, que esta sexta-feira realizou o duplo atentado que matou 76 pessoas na Noruega, deu uma entrevista em que se mostrou chocado com o sucedido e diz que nunca notou tendências extremistas no tempo em que conviveu com o filho. Ele era um pouco reservado, não era muito sociável, mas não mostrava tendências extremistas, explicou Jens Breivik vive na localidade de Couranel, no sul de França, e não terá tido contacto com o filho desde 1995.
Numa entrevista à televisão norueguesa TV2, revela que a primeira reacção quando percebeu que era o filho que tinha provocado dezenas de mortes foi pensar que seria um erro. Não podia ser verdade.

Questionado sobre se considera que o filho está mentalmente perturbado, Jens Breivik afirmou: Só pode estar, só pode estar. Não há outra forma de explicar o que ele fez

Nunca mais terei nenhum contacto com ele. Não consigo perceber o que aconteceu, afirmou, quando questionado sobre se iria à Noruega para ajudar o filho. Jens Breivik garante mesmo que nos seus momentos mais negros pensa que ele deveria ter-se suicidado. Nenhum ser humano normal faria uma coisa destas

O autor dos atentados publicou na Internet um manifesto intitulado 2083 - Declaração Europeia da Independência, com 1.518 páginas, em que explica detalhadamente o seu plano anti-multiculturalismo e anti-islamização da Europa, acompanhado por um vídeo no YouTube, entretanto removido. Neste documento, também descreve algumas partes da sua vida privada, como a relação com os pais, que acabaram por se divorciar quando tinha apenas um ano de idade.

Na página 1386, Anders Breivik prossegue numa espécie de entrevista a si próprio.

- Pode descrever a sua infância?

- O meu pai, Jens Breivik, teve três filhos de um casamento anterior; Erick, Jan, e Nina enquanto a minha mãe, Wenche Behring tinha uma filha de uma relação anterior; Elisabeth. Os meus pais divorciaram-se quando eu tinha um ano de idade.


A descrição continua, com Anders a explicar que a família começou por viver em Londres (ele, o pai, a mãe e a meia-irmã), até que ambos se divorciaram e voltaram a encontrar outras pessoas.

No manifesto, diz que visitava o pai e a madrasta todos os anos até que estes se separaram quando tinha doze anos. Sobre o pai, revela que não tem contacto com ele desde os seus 15 anos.

Ainda mantenho contacto com a Tove [a madrasta] mas não falo com o meu pai desde que ele se isolou quando eu tinha 15 anos (ele não gostava muito da minha fase graffiti dos 13 aos 16 anos). Ele tem quatro filhos e cortou o contacto com todos eles, por isso parece evidente de quem é a culpa. Eu não guardo rancor mas alguns dos meus meios-irmãos sim.

Atenciosamente, Askum
Askum
Askum
Usuário do fórum

Mensagens Mensagens : 231
Créditos Créditos : 406
Data de inscrição Data de inscrição : 14/07/2011


http://movie.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum