Slides
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» eu odeio o horario de verão,e você?
Ter Dez 20, 2011 7:18 pm por Juez

» Prisão sul coreana tem guardas robóticos
Ter Dez 20, 2011 7:13 pm por Juez

» jogar os widgets para a direita
Seg Nov 28, 2011 7:50 am por Administração

» organizar a area de 'Download' em ordem alfabetica
Seg Nov 28, 2011 7:49 am por Administração

» remover o anti spam
Seg Nov 28, 2011 7:46 am por Administração

» Modificações na Equipe de Moderação
Seg Nov 28, 2011 7:43 am por Administração

» Dúvida
Dom Out 30, 2011 7:42 pm por Juez

» Desfiando Chuck Noris
Sex Out 28, 2011 7:03 pm por RedHooh

» Mineiros chilenos com problemas psicológicos
Qui Out 27, 2011 5:09 pm por Administração

» Um aviso a todos!
Seg Out 24, 2011 4:41 pm por Administração

» descobri um atalho interessante
Dom Out 16, 2011 10:09 pm por Steel

Os membros mais ativos do mês

Parceria


Faça aqui!
Parceiros
Estatísticas
Temos 73 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de leopardo

Os nossos membros postaram um total de 1646 mensagens em 546 assuntos

Stephen Hyland

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Stephen Hyland

Mensagem por sheeft em Sab Jul 09, 2011 2:43 pm


Por que você resolveu bater esse recorde?

Faço treinamento multilateral, e alguns de meus colegas de treino iam tentar um recorde de flexões em equipe. Eu não podia participar naquele fim de semana, pois estava envolvido em uma arrecadação para ajudar Sweet William, um rapaz com problemas. Fiquei tão desapontado que liguei para o GWR e me informei sobre outros recordes de preparo físico que poderia tentar. O recorde que escolhi foi o de maior número de flexões em barra em 1h. Naquela época, o recordista havia feito 445 flexões na barra em 1h – isso foi em 2005. Consegui fazer 512.

Quanto tempo você precisou treinar para quebrar o recorde?

Para minha primeira tentativa, não me preparei. Lembro-me de pensar que não parecia ser muito; naquele fim de semana entrei em minha garagem e fiz uma sessão, batendo o recorde em 50min. Depois telefonei para o GWR na segunda-feira, para organizar a papelada para a primeira tentativa – e atingi a marca de 512 em 1 hora.

O que significa para você conquistar um recorde do GWR?

Não consigo expressar o que senti ao bater o recorde. Não é só uma coisa, é o evento todo – da escolha do dia às pessoas que aparecerão, do nervosismo antes da tentativa ao alívio quando se termina – e ainda o dia seguinte, quando contei a meus amigos e colegas de treinamento multilateral, sem contar a espera pela oficialização do recorde pelo GWR. É claro, a cobertura do bolo vem quando você recebe o certificado. Tenho todos os meus certificados enquadrados e pendurados na parede.

O que você faria se alguém batesse seu recorde?

Se você olhar para o passado, vai saber o que costumo fazer nesses casos: tomaria o recorde de volta.

Qual é seu recorde favorito do GWR, sem contar o seu?

Realmente não posso escolher um, existem tantos... Respeito os recordes de Paddy Doyle, pois posso imaginar o quanto ele deve ter treinado, e todos os esportivos, além dos completamente loucos. Não há como escolher um.

Gostaríamos de saber um pouco mais sobre você e suas origens.

Sou casado, tenho dois filhos e já passei dos 55 anos. Amo esportes de todos os tipos; a fotografia é minha segunda paixão. Cresci em Londres e dirijo minha própria empresa de gerenciamento de construção. O engraçado é que sofri um acidente feio quando tinha 20 anos e só voltei a treinar aos 42 – meu braço esquerdo ficou tão machucado que mesmo depois de uns dias eu não conseguia erguê-lo acima da cabeça; levou dois anos para que ele alcançasse 99% de sua capacidade.

Conte-nos alguma coisa engraçada ou interessante sobre você, algo que gostaria de compartilhar.

Há um incidente sobre o qual vivem fazendo brincadeiras. Estava em um curso de primeiros socorros de quatro dias e, antes de fazer a prova final, era preciso praticar em um boneco. No dia da prova, entretanto, você treina com uma pessoa de verdade. Eu estava indo bem, até que tive que checar se a pessoa estava respirando e se não tinha engolido a própria língua. Quando virei a cabeça dela, estalei seu pescoço. Tiveram que chamar uma ambulância e ela teve que colocar um protetor cervical e ser levada de maca ao hospital. Bem, eu acabei não passando no curso…

Qual é seu regime de treinamento?

É um regime misto, que inclui corrida, bicicleta e remo na academia e ao ar livre. Nunca repito um treino no mesmo mês. Meus treinamentos são de alta intensidade, e pratico na maior parte da semana. Se houver uma competição, treino especialmente para isso, com a maior variadade possível de atividades – isso me mantém estimulado e afasta o tédio. Sempre tenho um objetivo ou algo pelo qual estou treinando, mas tento variar as metas e as práticas.

Você segue alguma dieta especial?

Nenhuma, só não como carne vermelha. E adoro nozes e castanhas.

Como você se sentiu no fim da tentativa?

Inicialmente costumo me sentir bastante aliviado e, se tiver batido o recorde, sei que não desperdicei o tempo de todos, e fico eufórico. É no dia seguinte que realmente me dou conta do que conquistei, depois de ter tido tempo de refletir.

Alguma vez pensou que não iria conseguir?

Sim, mais de uma vez – é isso que o mantém com os pés no chão. Antes de estabelecer o meu primeiro recorde, eu estava confiante e sabia que ia conseguir, mas agora, depois de forçar os meus limites, ficou muito mais difícil. O recorde de flexões em barra por 1h era 445 em 22/1/2005; meu recorde mais recente é 887, quase o dobro. Mas sempre estarei fazendo novas tentativas, sem dúvida.
avatar
sheeft
Usuário do fórum

Mensagens Mensagens : 177
Créditos Créditos : 392
Data de inscrição Data de inscrição : 08/07/2011

Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum